Após levar chifre, homem se finge de morto e usa sangue de galinha para chamar atenção de ex-mulher

Ouvir Áudio

Quando dizem que o amor move montanhas e faz o ser humano fazer qualquer coisa, não falaram sobre alguém “matar ou morrer” por isso. Quando a gente acha que já viu de tudo, aparece alguém para mostrar que a humanidade ainda pode ir além.

Um homem que não teve sua identidade revelada utilizou sangue de uma galinha para fingir sua morte e chamar a atenção da ex-mulher. O caso inusitado aconteceu no município de São Sebastião da Boa Vista, município do arquipélago do Marajó no Pará, e tem repercutido nas redes sociais.

Segundo informações do jornal O Tempo, o rapaz teria presenciado a traição de sua ex-companheira e para reatar o relacionamento, matou uma galinha e usou o sangue do animal para simular o próprio óbito. Além disso, ele também mobilizou várias pessoas para prestarem socorro no momento.

Segundo moradores, o homem aparentava estar gravemente ferido e por isso foi carregado em um carrinho de mão até a viatura mais próxima, com o objetivo de a “vítima” ser socorrida o mais rápido possível. 

Chegando ao pronto-socorro veio a surpresa. A equipe de médicos que atendia no local constatou que não havia ferimentos no corpo do rapaz e perceberam a fraude, o que deu ainda mais repercussão para o caso.

Um dos muitos envolvidos na armação que ficaram revoltados ao saber da verdade foi o dono da rede onde o homem foi carregado para receber socorro, que decidiu ir ele mesmo buscar o objeto emprestado no hospital.

Falsa comunicação de crime está previsto no Código Penal e tem como pena reclusão de um a seis meses ou multa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *