Todos os pacientes com Covid-19 que necessitaram de intubação no Hospital de Campanha de Natal na última semana não estavam vacinados, de acordo com o secretário municipal de Saúde, George Antunes. Nesse intervalo, segundo ele, os 3 pacientes graves contaminados com o coronavírus e que precisaram entrar em ventilação mecânica não tinham sequer iniciado o esquema vacinal. Eles seguem internados.

Ainda segundo o secretário, outros 3 pacientes ocupam leitos de UTI na rede municipal de saúde. Um desses pacientes recebeu apenas uma dose da vacina e os outros dois completaram o esquema vacinal. O quadro deles, porém, é menos grave, o que indica uma consequência da imunização adquirida através da vacina. “Eles não estão em ventilação mecânica. Estão em ar ambiente ou cateter nasal”, disse George Antunes, em entrevista à 98 FM nesta terça-feira (16).

Os dados, segundo o secretário, mostram como a vacinação é eficaz no combate à pandemia de Covid-19. Na entrevista ao programa “Repórter 98”, George Antunes voltou a pedir que a população complete o esquema vacinal (com a 2ª dose) e compareça aos postos de vacinação quando chegar a hora da dose de reforço – anunciada nesta terça pelo Ministério da Saúde para toda a população adulta.

George Antunes disse que, para estimular que a população se vacine, outras estratégias serão anunciadas nos próximos dias. “Nós vamos partir para uma questão de quase obrigatoriedade”, afirmou o secretário, anunciando que defende a instituição do passaporte vacinal para acesso a locais de grande circulação, inclusive estabelecimentos privados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui