Com o objetivo de combater o tráfico de drogas na região do Seridó potiguar, a operação Guarida foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (18). Ao todo, um mandado de prisão e sete, de busca e apreensão, foram cumpridos na cidade de Acari. A ação é conduzida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), em conjunto com a Polícia Militar.

A operação Guarida conta com a participação de 40 policiais militares. As ações foram iniciadas antes mesmo de o sol nascer.

Divulgação
Viaturas da Polícia Militar mobilizadas na operação
Viaturas da Polícia Militar mobilizadas na operação

As investigações sobre a atuação de um grupo criminoso na região ficaram a cargo da Promotoria de Justiça de Acari e do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Seridó. A apuração começou após o recebimento, em outubro passado, de denúncias anônimas pelo Disque-Gaeco.

A operação Guarida apreendeu documentos e aparelhos de telefone celular dos investigados. Durante o cumprimento dos mandados, foi efetuada uma prisão em flagrante por posse de arma de fogo. Também foram apreendidas armas e munições. O material será periciado. Há suspeitas de cometimento de outros crimes por parte dos suspeitos.

Disque-Gaeco

O Gaeco/MPRN mantém o Disque-Gaeco para o recebimento de denúncias de crimes. O contato via WhatsApp é (84) 98863-4585, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. As denúncias também podem ser enviadas pelo e-mail: [email protected] As informações e os dados dos denunciantes serão preservados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui