Dono morre e cachorro fica dias esperando em frente a hospital

Ouvir Áudio

Um cachorro ficou dias em frente a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Guarujá, no litoral de São Paulo, à espera do seu dono, que foi internado e morreu no local. A história dele comoveu muitas pessoas e repercutiu nas redes sociais. Mesmo após deixar a porta da unidade, o cão ainda ficou nas redondezas, até ser resgatado pela equipe do Canil Municipal.

Em entrevista ao g1 nesta quinta-feira (25), o superintendente de bem-estar animal do Canil Municipal de Guarujá, Júlio Cesar da Silva, de 25 anos, relatou que o pet, agora chamado de ‘Hashiko’, foi resgatada há pouco tempo pela equipe.

“O dono dele, que não sabemos por qual motivo foi passar no PAM [antigo nome da UPA] da Rodoviária, acabou falecendo lá. E o cachorro não saiu nenhum momento de lá, desde quando ele foi internado, até quando o dono morreu. Acho que ele ficou lá mais de um mês, na esperança de que o dono iria sair”, conta.

Segundo o superintendente, o cão era alimentado por uma funcionária da unidade e por moradores da vizinhança. Depois de um tempo, passou a ficar nas proximidades da unidade de saúde, próximo ao Paço Municipal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *