Detento é executado na frente da mãe dias depois de progredir para o regime semiaberto.

Detento é executado na frente da mãe dias depois de progredir para o regime semiaberto.

Um presidiário foi morto a tiros no momento em que chegava para passar a noite na cadeia, cerca de dois dias depois de conseguir progressão de pena para o regime semiaberto. O crime aconteceu na terça-feira (31), em frente à Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, e a vítima estava acompanhada da mãe quando foi executada.

Segundo o delegado Hector Azevedo, que estava no plantão da Delegacia de Homicídios de João Pessoa, a vítima, Paulo Wallace Miranda de Melo, tinha 35 anos e respondia pelo crime de homicídio. Na última semana, ele progrediu para o regime semiaberto, apenas voltando ao presídio para passar a noite.

“Conforme informações preliminares, ele estava com os familiares, incluindo a mãe, na frente da penitenciária, quando um carro se aproximou. Três homens saíram do veículo já atirando contra a vítima, que foi atingida por pelo menos 20 tiros. Alguns dos disparos ainda chegaram a atingir carros e paredes próximas do local, mas não houve feridos”, explicou.

Após o crime, os homens voltaram ao veículo e fugiram. A polícia investiga o caso, que se trata de execução, para tentar entender a motivação do crime. “Sem dúvida foi algo pensado para ser do jeito que aconteceu”, disse o delegado.

Até às 7h20 desta quarta-feira (1º), os suspeitos do crime não haviam sido localizados. O caso está sendo acompanhado pela Delegacia de Homicídios de João Pessoa. g1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

About Author

Blog alex de olho na notícia

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua veniam.

Latest Posts

Categories