conecte-se conosco

Noticias

Idosa é presa por chamar vizinho negro de “macado seboso” e “macaco lixo” em Natal

Published

on

Uma idosa de foi detida em flagrante por injúria racial no fim da tarde desta terça-feira (31), em Natal. Conforme a polícia, a mulher teria chamado seu vizinho, que é negro, de “macaco seboso” e “macaco lixo”.

A vítima acionou a Polícia Militar por volta das 16h, após ter sido alvo das ofensas racistas. A mulher confirmou a versão dele aos policiais, foi levada à delegacia de plantão da Zona Sul da cidade e recebeu voz de prisão em flagrante.

O homem contou que teve uma discussão com a idosa de 64 anos, vizinha dele no bairro Planalto, na Zona Oeste da cidade. Foi durante a briga que a mulher teria cometido o crime de injúria racial.

Um familiar da suspeita, que pediu para não ser identificado, argumentou que a idosa tentou defender o marido, na discussão, e seria um pessoa de pouca instrução.

Segundo a Polícia Civil, a injúria racial é a ofensa a alguém em razão da raça, cor, etnia ou origem.

 

Continue lendo
Anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias

Tragédia é registrada em Riacho de Santana, RN

Published

on

Tragédia em Riacho de Santana, nesta sexta-feira (19), Rodrigo, 27 anos.

A família de jovem viveu momentos de angústia antes de descobrir a sua morte em Riacho de Santana, no interior do Rio Grande do Norte.

O rapaz deixou uma mensagem para os familiares antes da sua partida:

“Mãe, eu amo todos vocês, independente de tudo que for acontecido, eu vejo abandonado, tenho até pena do meu pai, no que vai acontecer, eu vou caminhar até Deus me levar, daqui para frente, quando vocês perceberem eu não vou estar mais aqui, a pessoa […] não teve culpa do que fiz.” Disse.

Viver é sempre melhor.

Continue lendo

Noticias

Caiu na NET: Bicho de pé é problema seu moço.

Published

on

Continue lendo

Noticias

Mulher é assassinada a tiros quando trabalhava em lanchonete.

Published

on

Uma mulher foi assassinada a tiros quando trabalhava em uma lanchonete no bairro do Bessa, em João Pessoa, na noite desta quarta-feira (17).

Geane dos Santos Lacerda, de 26 anos, chegou a ser socorrida em um carro particular para o Hospital de Emergência e Trauma, mas não resistiu aos ferimentos.

O comandante do Batalhão de Turismo, major Bruno, afirmou que o crime foi cometido por um homem chegou ao local em um carro vermelho, se aproximou da vítima e atirou várias vezes.

A polícia investiga informações de que a vitima estaria recebendo ameaças de morte.

Por enquanto, o suspeito não foi preso.

Continue lendo

home