Militar da Marinha condenado por abuso sexual das filhas em AL é preso no RN

Um militar da reserva da Marinha, de 62 anos, condenado por abuso sexual contra duas filhas crianças em Maceió, foi preso no Rio Grande do Norte na sexta-feira (3). Ele era considerado foragido desde 2021, quando houve a condenação, segundo informou a Polícia Civil alagoana nesta segunda (6).

As investigações do caso começaram ainda em 2008, quando as vítimas tinham 11 anos, mas os investigadores descobriram que o crime vinha sendo praticado há anos.

“Ele ia para o quarto delas e ficava acariciando as suas partes íntimas. Ele também chegou a fazer um buraco na parede do banheiro para observar as suas filhas tomando banho, bem como ficava assistindo a vídeo pornôs na sala da sua casa para que as crianças presenciassem tal situação”, relatou o Delegado Igor Diego, coordenador da Divisão Especial de Inteligência e Capturas (Deic).

A família morava na Vila da Marinha, no bairro de Jaraguá, na capital alagoana. Durante as investigações, a mãe das meninas faleceu, e os abusos continuaram. O militar foi condenado a 17 anos e 6 meses de prisão, em regime fechado, pelo crime de atentado violento ao pudor, que corresponde hoje ao crime de estupro de vulnerável.

Apesar da condenação, o militar não foi preso porque a polícia não tinha a sua localização e desde então, policiais da Deic vinham fazendo buscas. Ele foi localizado morando na cidade de Parnamirim, no Rio Grande do Norte, onde foi preso com apoio da polícia civil potiguar.

O militar foi levado para o Quartel da Marinha Naval daquele estado, de onde será transferido para Alagoas para cumprir a pena.

G1 RN

Tags

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

About Author

Blog alex de olho na notícia

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua veniam.

Categories