Luan Santana é apontado como motivo de novo rompimento de Gusttavo Lima

No auge de sua carreira, Gusttavo Lima é um fenômeno não só nos palcos, mas também como empreendedor. Após lucrar R$ 100 milhões em 12 horas vendendo franquias de seu novo empreendimento, o sertanejo poderá enfrentar um dos maiores desafios de sua vida, ao abrir sua própria gravadora.

De acordo com informações do colunista Leo Dias, do portal Metrópoles, o contrato do artista vigente com a Sony Music, feito em 2018, se encerrará no ano que vem, sem previsão para ser renovado.

Na época o intérprete de ‘Bloqueado’, música esta que lhe rendeu um processo na justiça, deu o que falar ao deixar a Som Livre, e foi considerado um traidor para a Globo, que o vetou de todos os programas da casa.

Entretanto, de acordo com fontes ouvidas pelo Movimento Country, a saída de Gusttavo Lima da Sony Music não será apenas para iniciar um novo projeto, sendo agora seu próprio chefe. Acontece que o pai de Gabriel e Samuel possui uma rixa antiga com Luan Santana, e não gostou nada de saber que ele está na mesma gravadora que ele.

Em nota, a assessoria do cantor chegou a desmentir que ele vá lançar seu próprio selo no ano que vem, mas sem dar mais detalhes sobre seus planos para o futuro. Outra coisa que teria deixado o famoso aborrecido foi o vazamento dos valores de seu contrato milionário, também revelado com exclusividade pelo Movimento Country.

 

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.