Motoristas de ônibus de Natal suspendem greve após assembleia

O desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RN) Eridson João Fernandes Medeiros apresentou, nesta sexta-feira (21), uma proposta de suspensão da greve com a concessão de reajuste de 75% do vale alimentação. O Sindicato dos Trabalhadores e Transportadores Rodoviários do RN (Sintro) realizou uma assembleia nesta tarde e decidiu por suspender a greve após entrar em acordo com os empresários de ônibus.

Segundo o diretor de comunicações do Sintro, Harley Deyverson, o vale-alimentação será pago de forma integral, como antes da pandemia, aos motoristas de ônibus, mas o reajuste salarial, que está para ser negociado há dois anos, voltará a ser discutido apenas em março.

Além das duas principais reivindicações da categoria, o Sintro ainda afirma que os empresários concordaram em abonar todos os dias dos grevistas, sem penalizar os motoristas pela paralisação das atividades, além de garantir todas as “cláusulas da comissão coletiva” até o final de abril de 2023, de acordo com Harley Deyverson.

Tribuna do Norte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.