Bennett Kaspar-Williams é um homem transgênero de Los Angeles, nos Estados Unidos, que ficou bastante conhecido por sua história após o nascimento do primeiro filho. No ano passado, ele deu á luz o pequeno Hudson. O parto aconteceu por meio de uma cesariana em outubro e o garoto veio ao mundo saudável.

Williams era do gênero feminino até cerca de sete anos atrás. Na época, o americano realizou uma cirurgia para a retirada dos seios, gastando cerca de 5 mil dólares, o equivalente atualmente a cerca de R$ 28 mil.

Bennett, que é casado com Malik, recentemente voltou a ser assunto na internet. Isso porque ele foi às redes sociais para desabafar sobre o fato de a equipe de profissionais do hospital onde foi atendido tê-lo chamado de ‘mãe’.

O americano, que tem tentado romper a conexão entre maternidade e feminilidade, acredita que esse pensamento tenha incomodado sua identidade de gênero. “A única coisa que me deixou desanimado em relação à minha gravidez foi o engano que aconteceu comigo quando eu estava recebendo cuidados médicos para a minha gravidez“, disse Bennett.

O homem relata que a experiência que teve durante a gravidez não a fez sentir-se feminino e seu ato de carregar o bebê durante o período de pandemia foi a atitude mais corajosa e difícil que já fez.

Bennett é bastante ativo em seu perfil do Instagram, onde conta com mais de 20 mil seguidores que acompanham sua vida e da família. Frequentemente, o americano compartilha com seus admiradores novos cliques ao lado do marido e do filho.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui