Grupo Globo nega que tenha pago R$ 5,4 milhões para soltar Daniel Alves

A polêmica em torno do pagamento da fiança que tirou Daniel Alves da cadeia após a condenação por estupro continua gerando polêmica. Neste domingo (31), a colunista espanhola Marisa Martín Blázquez, do canal Telecinco, acusou o Grupo Globo de ter pago o valor em troca de uma entrevista exclusiva com o jogador.

Ela afirma que a revista Quem, referência em jornalismo de celebridades no Brasil, teria sido a responsável por desembolsar 1 milhão de euros, o equivalente a R$ 5,4 milhões, para tirar Daniel Alves da cadeia.

Em nota divulgada através do jornal O Globo, o Grupo Globo nega qualquer participação na soltura de Daniel Alves. “Sobre a fake news que está sendo compartilhada de que a Quem teria arcado com a fiança do jogador Daniel Alves, gostaríamos de esclarecer que ela não corresponde a verdade e não pagamos por qualquer reportagem produzida, dado seu caráter jornalístico”, inicia o comunicado.

O Grupo Globo também afirma que não foi procurado pelo veículo espanhol para dar seu posicionamento. “Seguimos acreditando que o bom jornalismo jamais terá espaço para reportagens pagas”, finaliza a nota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *