Justiça intima Wallace para esclarecer suposta intimidação contra Lula

O Tribunal Regional Federal da 6ª Região (TRF6), de Belo Horizonte (MG), intimou o jogador de vôlei Wallace Leandro de Souza, campeão olímpico pela Seleção Brasileira, a comparecer, na próxima terça-feira (7/11), a uma audiência preliminar no inquérito que investiga a suposta intimidação do atleta contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). As informações são da Folha de São Paulo.

Em janeiro, o jogador publicou um story em seu Instagram segurando uma espingarda calibre .12 e abriu uma caixa de perguntas. Um dos seus seguidores perguntou se o atleta “daria um tiro na cara do Lula com essa 12”. Wallace, então, compartilhou uma enquete sobre o comentário com a mesma pergunta.

A publicação logo ganhou repercussão, e o jogador de vôlei decidiu retirá-la do ar, alegando ter sido um “post infeliz”.

A intimação foi expedida pelo juiz federal Jorge Gustavo Serra de Macêdo Costa, titular da 2ª Vara Federal Criminal de Belo Horizonte, que designou a audiência para conhecimento dos termos da transação penal apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF).

Caso o processo não seja arquivado, o MPF poderá solicitar a aplicação imediata de pena ou multas.

O jogador é um apoiador declarado do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Nas redes sociais, Wallace se mostra um entusiasta de armas de fogo e estandes de tiro.

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) chegou a suspender provisoriamente o jogador de vôlei após a publicação contra o presidente Lula. Atualmente, Wallace joga pelo Cruzeiro Vôlei, em Minas Gerais.

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *