O navio Costa Diadema, atracado em Salvador pelo diagnóstico positivo de Covid-19 em 68 passageiros desde quinta-feira (30), liberou 35 pessoas da embarcação neste sábado (1º). A informação é do jornal Correio da Bahia.

Entre os que deixaram o navio, em um ônibus fretado, estavam 56 tripulantes que testaram positivo para a doença. Também ficaram em Salvador 35 passageiros, que testaram negativo e moram em Salvador.

Os passageiros que foram confirmados com Covid-19 cumprem quarentena em um hotel da capital baiana, disponibilizado pela operadora do cruzeiro.

INVESTIGAÇÕES EPIDEMIOLÓGICAS
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interrompeu, no início da tarde de quinta-feira (30), as atividades da embarcação Costa Diadema, que ficou atracada no Porto de Salvador.

A medida foi adotada após a investigação epidemiológica conduzida pela Agência e por técnicos das Secretarias de Saúde do Estado da Bahia e do Município de Salvador, que concluiu pela declaração de transmissão comunitária de Covid-19, nível 4, a bordo da embarcação.

O desembarque total dos passageiros deve acontecer em São Paulo, no Porto de Santos. A Anvisa suspendeu novas operações da embarcação ao chegar ao Porto de Santos, até se ter uma melhor avaliação do cenário epidemiológico pelo órgão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui