Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV) deram cumprimento, nesta sexta-feira (17), a um mandado de prisão em desfavor do caicoense Bruno Juan dos Santos Alves, de 21 anos, que foi apontado em 2018, como suspeito de ter participado da tentativa de roubo que terminou com a morte do empresário Dinoberg Almeida.

De acordo com informações divulgada pela Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do RN, Bruno Juan, estava sendo investigado pela suspeita de praticar no dia 25 de setembro de 2020, por volta das 20h, um roubo a veículo, no Bairro de Nova Parnamirim, no município de Parnamirim, e, foi por causa desse fato que foi preso.

Segundo as investigações, Bruno Juan, acompanhado de Jefferson Dantas, teria realizado o roubo contra um casal que estava chegando em casa, subtraindo o veículo e outros objetos. O mandado de prisão de Jefferson Dantas foi cumprido, na terça-feira (14), pela DEPROV.

Sobre o inquérito que apura a morte de Dinoberg Almeida, o Blog Sidney Silva, conversou com o delegado Leonardo Germano, que confirmou ter Bruno Juan como suspeito no caso, mas, disse que não adiantaria detalhes pois o inquérito ainda não foi encerrado.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui