África do Sul registra aumento de casos de subvariante da Ômicron

A África do Sul está vendo mais casos da subvariante BA.2 da Ômicron do coronavírus e está monitorando a situação, mas ainda não há nenhum sinal claro de que a BA.2 seja substancialmente diferente da Ômicron original, disse uma cientista nesta sexta-feira [4].

A BA.2 representou 23% das 450 amostras de janeiro sequenciadas pela rede de vigilância genômica da África do Sul e a cepa original 75%.

A África do Sul entrou em uma quarta onda de infecções pela Covid-19 impulsionada pela Ômicron no final do ano passado, logo após alertar o mundo sobre o surgimento da variante altamente transmissível.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.