Foto: Anna Alyne Cunha/Inter TV Cabugi

Agentes educadores do Centro de Atencimento Socioeducativo (Case) Pitimbu, em Parnamirim realizaram um protesto exigindo melhores condições de trabalho e segurança no local antes conhecido como Ceduc Pitimbu.

Somente nos últimos 20 dias foram 5 motins na unidade, inclusive com tentativas de fuga, segundo os agentes. O último dos motins aconteceu na terça-feira (7), com um quebra-quebra na unidade. Em novembro, um educador foi reito refém por horas pelos adolescentes infratores.

Os agentes se queixam de negligência e que algumas das reivindicações estão há seis meses sem resposta. Eles citaram que entre os problemas estruturais a iluminação da unidade não tem funcionado corretamente e o sistema de monitoramento por vídeo foi retirado por falta de pagamento. Além disso, trabalhadores convocados há quatro meses também reclamaram que não receberam salários desde então.

Em nota, a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fundase) informou que se reuniu com o educadores para discutir cargos e salários, mas que nenhuma outra pauta foi conversada. A Fundase disse que mantém aberto o diálogo com os trabalhadores.

Com informações de g1-RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui