Bolsonaro reafirma visita à Rússia, apesar da escalada de tensões na Ucrânia


O presidente Jair Bolsonaro (PL) reafirmou neste sábado [12] que vai viajar para Moscou na próxima segunda-feira [14], apesar da escala de tensões crescentes entre Rússia e Ucrânia, e citou a dependência brasileira dos fertilizantes russos.

Fui convidado pelo presidente Putin. O Brasil depende de fertilizantes da Rússia e da Bielorrússia. Levaremos um grupo de ministros também para tratarmos de outros assuntos que interessam ao nosso país, energia, defesa e agricultura”, afirmou neste sábado o presidente em transmissão ao vivo nas redes sociais.

Bolsonaro deve embarcar para Moscou às 19 horas da segunda-feira [14] e chegar ao destino apenas na noite de terça-feira [15].

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.