Brasília: TCU abre processo para investigar compra de Viagra pelo Exército


O TCU (Tribunal de Contas da União) abriu processo para apurar a compra de 35 mil unidades de Viagra pelo Exército. O processo foi aberto após denúncia feita pelo deputado Elias Vaz (PSB) de “desvio de finalidade em compras de 35.320 comprimidos de citrato de sildenafila, popularmente conhecido como Viagra, ea comprovação de superfaturamento de 143”. O medicamento é usado para tratamento de disfunção erétil.


De acordo com dados do processo de aquisição, foi aberto processo de compra de 5.120 comprimidos de 25 mg, ao preço unitário de R$ 3,65, em 7 de abril de 2021, para atender à Marinha. No entanto, no dia 14 do mesmo mês, outro processo foi aberto pelo Exército, e cada comprimido saiu por R$ 1,50.

Em tempo

A compra do medicamento está registrada no Portal da Transparência do governo federal.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.