Um candidato que disputava uma vaga na Polícia Civil do Rio Grande do Norte morreu, na noite da quarta-feira (1°), após teste de aptidão física realizado no Caic, em Lagoa Nova, zona Sul de Natal. Ele teve um mal súbito no momento em que concluía o teste de corrida.

Algumas pessoas que estavam no local filmavam a reta final do teste no momento em que o candidato passa mal e cai. Pelo vídeo, é possível ver que ele estava a poucos metros de finalizar o percurso, mais precisamente nos nos últimos 30 metros dos 2.100 metros da prova de corrida, na pista de atletismo do Caic.

Identificado como Luan Torquato, o jovem é de Sergipe. Ele chegou a ser socorrido para UPA da Cidade da Esperança, recebeu o tratamento inicial, mas veio a falecer durante a noite na unidade.

A Polícia Civil e a Fundação Getúlio Vargas, que organiza o concurso público, lamentaram a morte do candidato e alegaram que toda a assistência médica foi prestada ao jovem. Além disso, os órgãos informaram que o candidato havia apresentado laudo médico atestando a capacidade para realizar as provas.

“O candidato foi imediatamente socorrido por equipe médica que assiste as provas, sendo posteriormente deslocado por UTI móvel à UPA – Cidade da Esperança. Seus documentos de identificação, bem como laudo médico, atestavam a capacidade para as provas. Nem o aparato existente, integrado por UTI móvel, socorrista, médico e enfermeira, mantido pelos organizadores do processo seletivo, e o pronto atendimento puderam impedir a ocorrência dessa fatalidade. A FGV e a PCRN lamentam imensamente e informam que toda a assistência está sendo prestada aos familiares”, disse a nota. (PORTAL DA TROPICAL)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui