Um casal morreu após ser atingido por estilhaços de rocha quando passava de moto em uma obra que estava acontecendo entre os municípios paraibanos de Pilões e Serraria, na tarde de ontem (2).

De acordo com informações passadas pelo gestor da obra, José Luiz, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a construção trata-se de uma ligação entre os dois municípios do Brejo da Paraíba, e os espaços estavam interditados, por causa das explosões de pedras que acontecem no local. Mesmo com sinalizadores e placas, o casal teria entrado na obra.

Ainda de acordo com informações do engenheiro, para além das sinalizações que já existiam na obra, algumas pessoas que estavam perto do local do acidente tentaram gritar para que eles não ultrapassassem a construção.

“Talvez eles tenham pensando que os avisos que tinha na obra era em relação às máquinas que fazem o processo”, disse o engenheiro.

O engenheiro explica que o que atingiu o casal foram os estilhaços das explosões das rochas, pois quando uma pedra grande passa por um processo explosão, ela não salta. Ela parte no meio, mas permanece no mesmo local. As únicas coisas que realmente são arremessadas, são os estilhaços.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui