Deputados discutem sobre estradas, gás e serviços de saúde

O deputado estadual Vivaldo Costa (PV) fez um apelo ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e à governadora Fátima Bezerra (PT), para que estradas da região do Seridó sejam recuperadas. Vivaldo pediu “urgência” e citou trechos ligando vários municípios. “São estradas totalmente esburacadas”, afirmou o parlamentar, lembrando que a gestão do DER do governo anterior já havia chamado atenção para a qualidade das estradas do Rio Grande do Norte, construídas com prazo de validade entre 5 e 6 anos.

No horário destinado aos deputados, Hermano Morais (PV) destacou a lei aprovada em plenário nesta quarta-feira (15), regulamentando a exploração dos serviços de gás encanado. “Atualizando uma legislação de 1993, que agora está sintonizada com o novo mercado do gás”, afirmou Hermano. O deputado ressaltou a discussão sobre o assunto levantada ainda na gestão da engenheira Larissa Dantas, à frente da Potigás, com participação da atual presidente Marina Siqueira.

Último orador do horário, o deputado Coronel Azevedo (PL) criticou o Governo do Estado por estar tratando da terceirização dos serviços do Samu. “O Samu é serviço indispensável em qualquer lugar do Brasil”, disse o deputado, apelando para a governadora Fátima Bezerra não optar pelo modelo de gestão do serviço de saúde. Coronel Azevedo ainda denunciou que a gestão do Samu impõe ‘ditadura e perseguição’ a alguns servidores. “O serviço essencial não pode ser precarizado”, concluiu Coronel Azevedo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.