Empresa com sede na Espanha investe R$ 800 milhões em fábrica no RN e espera gerar mil vagas de trabalho

A instalação de uma fábrica de cimento da ABG Mineração, em Mossoró, tem gerado boas expectativas para os representantes da indústria da região, principalmente no que se refere à geração de emprego e renda. A ABG Mineração é um dos mais importantes grupos cimenteiros do mundo, atuando em vários países, com sede na Espanha.

O vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN), Francisco Vilmar Pereira, destaca que a maior reserva de calcário do mundo é localizada naquela região do estado. “É um calcário de primeira qualidade, poderemos instalar várias fábricas de cimento”, disse. As reservas de calcário e argila da região são abundantes e com qualidade, devido ao baixo teor de impurezas.

Considerada uma obra de extrema importância, a fábrica vai ter investimento aproximado de R$ 800 milhões da empresa que vai se instalar. “São 800 empregos direto na construção e 250 no pós-construção. A área logística de uma fábrica de cimento é muito grande e vai gerar muito emprego em Mossoró e região”, comentou. A expectativa é de 1 mil vagas de empregos com a fábrica.

Na semana passada, empresários da ABG Mineração, integrantes de grupo que vai instalar a fábrica de cimento estiveram na cidade e participaram de reuniões com o Executivo Municipal. O diretor do Instituto SENAI de Tecnologia (IST) em Mossoró, Emery Costa Júnior, que esteve no encontro, disse que o SENAI-RN pode contribuir na prestação de serviços técnicos especializados, além de consultorias e desenvolvimento de projetos e/ou novos produtos.

“O SENAI tem papel preponderante na área de formação e capacitação da mão de obra local, podendo customizar cursos em todas as áreas que sejam de necessidade da ABG Mineração, desde os setores administrativos, técnicos dentre outros”, explicou.

Segundo o diretor do IST em Mossoró, as empresas, junto com seu portfólio de produtos, trazem consigo a necessidade de desenvolvimento da mão de obra local. “O SENAI tem a versatilidade de formatar cursos conforme a necessidade do cliente”, frisou.

Ele ressaltou a empolgação dos investidores da empresa pela receptividade dada ao projeto. “A FIERN desde o início se mostrou parceira da ABG para auxiliar nas suas demandas, que é um dos pilares da Federação: fortalecer o segmento industrial, representando seus interesses”, concluiu Emery Costa Jr.

Fonte: Portal Grande Ponto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.