Helicóptero que caiu em Currais Novos pertence à Chesf; não há sobreviventes

O helicóptero que caiu na tarde deste domingo (5), após se chocar com linhas de transmissão de energia, na zona rural de Currais Novos, pertence à Companhia Hidrelétrica do Rio São Francisco (CHESF). Segundo informações, três ocupantes da aeronave, o piloto e dois funcionários da empresa, morreram.

A aeronave, um Bell 206C, prefixo PP-MCJ, foi filmada por moradores realizando voos em meio ao mau tempo na cidade. A companhia informou, por meio de nota, que os funcionários realizavam uma “inspeção aérea de rotina” na região.

Advertisement

As três vítimas foram identificadas como: Juberson Coelho Coimba (piloto) e os técnicos em inspeção de linhas de transmissão Robson Deusdette de Melo Araújo e Francisco Wilson da Silva. 

Por causa do acidente, Currais Novos e outros 21 municípios da região do Seridó ficaram sem energia elétrica.

A Chesf emitiu uma nota sobre o ocorrido:

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) informa que hoje (5), às 13h36, ocorreu acidente com o helicóptero da Empresa, prefixo PP-MCJ, que estava realizando inspeção aérea de rotina.

A aeronave estava em operação no Estado do Rio Grande do Norte e chocou-se com uma linha de transmissão 230kV, caindo em um açude na zona rural do município de Currais Novos – RN.

O piloto e dois inspetores, empregados da Chesf, que estavam a bordo, faleceram no local do acidente.

A Chesf está em grande pesar mediante o fato e está adotando todas as providências pertinentes junto aos órgãos competentes, priorizando a assistência às famílias das vítimas.

Blog Ismael de Souza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.