Homem de 35 anos fica com pênis podre após injetar cocaína em genitália

Um homem de 35 anos, viciado em drogas, procurou ajuda médica depois de injetar cocaína no próprio pênis e vê-lo ficar preto. O caso foi relatado pelos médicos do hospital BronxCare Health System, de Nova York, na revista American Journal of Case Reports.

O paciente chegou ao hospital aflito, queixando-se de dor intensa no pênis e no saco escrotal, três dias após injetar a droga na veia dorsal do pênis. Além disso, o órgão liberava um corrimento de cheiro fétido.

Exames mostraram que a pele do pênis estava morta e, ao redor do escroto, ela começava a apodrecer e descascar. O paciente contou que havia injetado a droga diluída em água duas outras vezes na quinzena anterior à internação, sem complicações. O uso de drogas intravenosas leva a lesões graves nas veias, incluindo eritema, tromboflebite, vasoconstrição, necrose, desenvolvimento de úlcera venosa e oclusão da veia.

“É muito importante que o médico aconselhe os usuários ativos de drogas intravenosas sobre possíveis complicações da injeção de drogas em locais incomuns”, disseram os médicos.

O paciente melhorou lentamente depois de ser medicado com antibióticos na veia por cinco dias, além de fazer curativos para as feridas. Depois disso, ele continuou o tratamento em casa com antibióticos por outros 10 dias.

Os médicos contaram que ele se recusou a ir para a reabilitação para tratar o dependência em drogas e interrompeu o acompanhamento no hospital. Com isso, não ficou claro se ele se recuperou completamente.

Metrópoles

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.