Filipe foi preso por matar a esposa, Isabela, e a mãe dela em Sorocaba — Foto: Facebook/Reprodução
O homem de 30 anos que foi preso depois de matar a esposa, de 25 anos, e a sogra, de 41, disse à polícia que “perdeu a cabeça” e, por isso, cometeu o crime nesta quarta-feira (1º). Filipe Renovato se entregou à polícia dentro de casa, no bairro Itanguá, e foi preso em flagrante após duas horas de negociação, em Sorocaba (SP).

De acordo com o boletim de ocorrência, Filipe contou aos policiais que era casado com a vítima, Isabela Rosa Renovato, e os dois tinham um filho de 4 anos. No entanto, o casal estava se separando havia cerca de um mês, quando ele teria visto conversas entre a vítima e outra pessoa no celular dela.

Segundo o registro policial, ao descobrir um possível relacionamento por parte de Isabela, ele contou que “perdeu a cabeça” e desferiu diversos golpes de faca na esposa e na sogra, Daniela Rosa, de 41 anos.

Isabela chegou a ser socorrida às pressas, mas não resistiu. Já a mãe dela morreu no local. Segundo a polícia, as duas foram achadas com dezenas de facadas em várias partes do corpo e o imóvel estava com diversas manchas de sangue. A defesa de Filipe não foi localizada.

Rendição

Imagens a quais o g1 teve acesso mostram quando uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) espera em um cômodo antes de entrar no quarto onde estava o homem.

No registro, Filipe Renovato aparece em meio ao quarto completamente revirado e com marcas de sangue.

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar foram acionadas por vizinhos, por volta de 6h30, após perceberem que o homem mantinha as mulheres reféns.

No momento do crime estavam na casa o cunhado do assassino, de 14 anos, e o filho dele de 4 anos. Quando os ataques começaram eles conseguiram sair e chamaram por socorro.

Foram apreendidas quatro facas usadas no crime, que foi registrado como feminicídio na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

Do 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui