Kelly Bolsonaro é agredida e enforcada pelo marido no DF

Informações foram confirmadas ao site Metrópoles por testemunhas que ouviram gritos de socorro vindo da casa de Kelly. Monteiro teria espancado, além da mulher, os três enteados. A suplente teria sido enforcada pelo companheiro e ainda ficou com um hematoma nas costas, depois de ser atingida por um chute do agressor.

Todos foram encaminhados para a 20ª Delegacia de Polícia Civil do Distrito Federal (PC-DF), localizada no Gama Oeste. A vítima já solicitou às autoridades medidas protetivas e, na sequência, compareceu ao Instituto Médico Legal (IML), para se submeter a exame de corpo de delito.

Monteiro fez pedido de pagamento de fiança, mas foi pelo delegado responsável pelo caso negou. Assim, ele segue detido à disposição da Justiça. Kelly Bolsonaro é suplente do deputado Daniel Donizet (PL), em 2018, ela teve 5.412, e chegou a assumir a cadeira na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) em 2019, por 120 dias, quando o titilar saiu para assumir o cargo de administração do Gama.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.