Lula planejou o que está acontecendo hoje no Brasil”, dispara Ciro

O pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) disse nesta segunda-feira (28/3) que Lula (PT) planejou a situação atual do país, e ainda afirmou não se arrepender de não ter apoiado nem Bolsonaro (PL), nem Haddad (PT), no segundo turno das eleições passadas. A fala foi dada em entrevista à TV Tropical, afiliada à Record no Rio Grande do Norte.

“O Lula planejou o que está acontecendo no Brasil. Perder as eleições para que o povo esquecesse o escândalo da ladroeira generalizada, da corrupção generalizada, e a crise econômica mais grave do Brasil”, disse o pré-candidato.

Ciro criticou a decisão do PT de colocar Fernando Haddad como candidato à Presidência em 2018, citando que o petista havia perdido a reeleição à prefeitura de São Paulo pouco tempo antes.

“Não me arrependo de jeito nenhum. O debate vai esclarecer”, afirmou Ciro ao ser questionado sobre sua decisão de não ter apoiado nenhum candidato no segundo turno em 2018 e sobre as críticas que recebeu por isso.

“O problema é que Lula se corrompeu de verdade, eu vi isso acontecer e me afastei”, disse o pré-candidato. Ele ainda voltou a culpar o governo petista pela situação econômica atual.

“Pergunta para o cidadão quando começou o perrengue dele. Tudo isso o Bolsonaro está piorando muito, mas foi o Lula e o PT que produziram, por meio desse negócio de conchavo. Quem foi que colocou o Temer na linha de sucessão?”, questionou.

Correio Braziliense

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.