Operação “Playboy”: Polícia Civil prende suspeito por roubo a banco em Lajes/RN

Policiais civis da Delegacia Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) deram cumprimento, nesta quarta-feira (20), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Tiago Ciro Tadeu Faria, mais conhecido como “Gianecchini do Crime”, 40 anos, paulista.

Ele foi preso na Penitenciária Presidente Venceslau II, em São Paulo. Segundo as investigações, “Gianecchini do Crime”, participou de uma ação criminosa na cidade de Lajes/RN, em 30 de janeiro de 2017. Nessa ação, além de subtraírem o dinheiro da agência bancária, os suspeitos efetuaram diversos disparos nas viaturas caracterizadas da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Durante as investigações, foi sinalizada a participação de “Gianecchini” na ação, por meio de um exame de DNA, motivo pelo qual foi representada pela sua prisão preventiva. Ele estava preso por roubos a banco no interior do estado de São Paulo; o suspeito teria ficado conhecido nacionalmente quando invadiu a apuração do Carnaval Paulista em 2012 e rasgou as fichas, contendo as notas das agremiações. Nas redes sociais, antes de ser preso, “Gianecchini do Crime” ostentava uma vida de luxo, fotografando ao lado de carros valiosos e armas.

Essa é mais uma ação integrada à operação HÓRUS do programa V.I.G.I.A. da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (SEOPI/MJSP). A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, ou dos números da DEICOR: (84) 3232-2862 e/ou (84) 98135-6796 (WhatsApp).

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.