O Tribunal do Júri Popular, reunido na cidade de Parelhas (RN), nesta terça-feira, dia 30 de novembro, condenou a uma pena de 21 anos de reclusão, o goiano Witor José da Silva Bezerra dos Reis. Ele matou a namorada, Adriele Fernanda dos Santos Silva, com 20 “pauladas” na cabeça.

O crime aconteceu no dia 07 de junho de 2021, por volta da meia noite, na residência do acusado, na Rua Daniel Gomes de Oliveira, nº 143, Bairro Maria Terceira, em Parelhas.

Em seu depoimento, ainda, na audiência de instrução do processo, Witor José, confessou ter tirado a vida de Adriele, contudo, destacou que o fez para se defender da vítima que, segundo ele, tentou lhe atingir com uma faca. A discussão teria começado quando a mulher o acusou de estar dando em cima de suas amigas.

Ele disse que quando Adriele Fernanda foi atingida com o primeiro golpe, começou a colocar sangue pelo nariz. Após atingir a mulher com outros golpes na cabeça, fechou a casa e foi para ao pelotão da PM, onde se entregou.

Sobre as qualificadoras do crime, Witor José, foi julgado por feminicídio, por ter matado por motivo torpe, por meio cruel e meio que dificultou a defesa da vítima.

(Fonte:- Plantão Policial)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui