PM, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros divulgam balanço da segurança pública no Carnatal 2021Polícia Militar, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros Militar do RN apresentaram nesta segunda-feira (13) o balanço da operação Carnatal 2021, quando foram divulgados os resultados das ações desenvolvidas pelas instituições durante os quatro dias de folia.A PM efetuou a prisão de seis suspeitos, entre homens e mulheres, durante o período da micareta. Dentre as prisões efetuadas, há o registro de transtorno mental, invasão a domicilio, venda de abadás falsos, roubo de celular e mandado de prisão em aberto. Também foi apreendido uma máquina de cartão, abadás falsos e uma quantia de R$ 2.500.A Polícia Militar contou com um efetivo extra de 360 policiais durante o evento nos quatros dias de Carnatal, que trabalharam das 16h30 até o término e dispersão dos foliões.Já a Polícia Civil, que contou com 90 agentes durante todo o evento, contabilizou 78 ocorrências, que foram registradas da Delegacia Móvel, que ficou à disposição da população na entrada do setor de camarotes.As ocorrência foram as seguintes:0

6 registros de lesão corporal;

04 registros de estelionato;
52 registros de furtos;
06 registros de roubo; e
10 perdas de documentos.

O Corpo de Bombeiros, que além da vistoria de toda a estrutura física do Carnatal, ainda registrou atendimento médico a uma criança, que prendeu o pé em um boeiro.

OPERAÇÃO LEI SECA

O Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) também apresentou os dados da Operação Lei Seca, entre a quinta-feira (9) e o domingo (12), nas imediações do Carnatal.

Ao todo, foram realizados 4.838 testes de bafômetro.

Entre os casos de alcoolemia, apenas dois apresentaram quantidade de álcool acima de 0,34 mg/l, que configura crime de trânsito, e 162 manifestaram quantia de álcool acima de 0,04 mg/l, que consiste em infração gravíssima. Dezessete pessoas se recusaram a passar pelo teste, o que também configura infração por alcoolemia.

A fiscalização ainda resultou em 17 remoções de veículos e 105 pessoas autuadas por infrações diversas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui