Um policial penal matou outro colega de trabalho dentro da Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, na Pacatuba, Região Metropolitana de Fortaleza, e em seguida cometeu suicídio. Wendell Gondin Cruz teria problemas psicológicos e apresentou uma espécie de surto. Ele atirou contra o policial penal Glauber Monteiro Peixoto.

O Sindicato dos Policiais Penais e Servidores do Sistema Penitenciário do Ceará (Sindppen-Ce) lamentou as mortes. Ainda alertou sobre as condições de trabalho dentro das unidades penitenciárias. Para o Sindppen, as licenças médicas para policiais penais “bateram recorde” nos últimos meses e “os atestados médicos são constantes e muitos policiais penais estão doentes com problemas psicológicos”.

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) A SAP comunicou que as investigações sobre o caso foram iniciadas, mas que os primeiros indícios sugerem um homicídio seguido de suicídio.

Fonte: O Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui