Reservas hídricas do RN aumentam e reservatórios começam a sangrar

As 47 reservas hídricas do Rio Grande do Norte continuam recebendo aporte de água das chuvas que vêm caindo pelo interior do estado. É o que aponta o relatório semanal mais recente do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn).

Todos os reservatórios monitorados pelo instituto têm capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos de água e são responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares.

A barragem Dinamarca, localizada em Serra Negra do Norte, com capacidade para 2.724.425 m³, começou a sangrar na manhã desta segunda-feira (24). Em 2021 o manancial começou a verter suas águas no dia 17 de fevereiro.

Outro reservatório que teve um aumento considerável de volume foi o açude Beldroega, localizado em Paraú. Ele acumula 3.219.288 m³, correspondentes a 39,95% da sua capacidade total, que é de 8.057.520 m³. No dia 17 de janeiro, o manancial estava com 2.929.685 m³, percentualmente, 36,36.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, acumula 1.091.107.478 m³, equivalentes a 45,98% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. No dia 17 de janeiro, o reservatório estava com 1.082.078.881 m³, correspondentes a 45,60% da sua capacidade total. da sua capacidade.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.