A Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (SESED) promoveu na manhã desta quarta-feira (01) uma reunião em conjunto com as forças de segurança pública do Rio Grande do Norte, sobretudo da região Metropolitana da capital, para tratar sobre ações que possam coibir os chamados “rolezinhos”, como é denominada a infração em que são feitos passeios por um grupo de jovens motociclistas que promovem “buzinaços” e aceleram os motores de maneira alta, assim provocando a perturbação do sossego e da paz dos cidadãos potiguares.

Na ocasião, os participantes da reunião concordaram com a realização de uma grande força-tarefa em pontos estratégicos da cidade. O titular da SESED, coronel Araújo Silva, ressaltou que um trabalho integrado entre as instituições será realizado para reprimir os delitos que os motociclistas envolvidos nessa atividade estão praticando. “Além das infrações de trânsito, os participantes desses movimentos acabam cometendo crimes, entre eles, a direção perigosa e a perturbação do sossego. Por isso, em um esforço conjunto das instituições e órgãos do Estado, do Município de Natal e da União, iremos operar em ações com o intuito de coibir essas ocorrências”, afirmou o coronel Aráujo.

“As ações, que terão o auxílio das forças de segurança, contarão com o apoio das imagens das câmeras de segurança espalhadas pela cidade, muito importante para o acompanhamento das ocorrências. Outro fator importante para essas forças-tarefas tem sido o trabalho das equipes de inteligência das instituições no mapeamento das redes sociais, locais em que são organizados os movimentos e onde é possível identificar os participantes”, completou o secretário.

Estiveram presentes na reunião representantes das polícias Civil e Militar, da Secretaria Municipal de Segurança Pública (Guarda Municipal), da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), Agentes de Trânsito Municipais, do Departamento Estadual de Trânsito do RN (DETRAN-RN), do Departamento de Estradas de Rodagens (DER) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui