SÓ NO BRASIL: Morador de rua agredido após sexo em carro faz presença VIP e já tem milhares de seguidores na web

Protagonista de um enredo que repercutiu nos quatro cantos do país, o (ex) morador de rua Givaldo Alves de Souza, de 48 anos, vive uma rotina que mais se assemelha à de uma celebridade do que de alguém sob suspeita de ter cometido um crime de estupro ou abuso de vulnerável.

Desde que foi flagrado tendo relações sexuais com a mulher do personal trainer Eduardo Alves de Souza, ele é investigado no inquérito policial. Sandra Maria, de 33 anos, estava, de acordo com laudo médico, em surto psicótico quando abordou o morador de rua e o levou para dentro de seu próprio carro.

O marido flagrou os dois, na noite do dia 9 de março, em uma rua de Planaltina (DF) e, descontrolado, bateu em Gilvado que teve várias lesões e chegou a ser internado. Imagens de câmeras de segurança tiraram o caso, que corre em sigilo de Justiça, da esfera privada para a pública não só por conta do desfecho violento, mas também devido à denúncia de Eduardo de que a mulher teria sido estuprada. A investigação corre sob sigilo de Justiça.

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.