O Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins negou habeas-corpus – recurso-liminar ao prefeito afastado de Porto do Mangue, Sael Melo, suspeito de improbidade administrativa apontada pelo Ministério Público do RN, para retomar ao comando do município.

Desde o seu segundo afastamento durante as investigações da Operação Terceiro Mandamento no ano passado, Sael vem acumulando consecutivas derrotas nas esferas judiciais.

fonte Toni Martins

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui