Após período de dispensa, Detran informa que carros comprados na pandemia precisam fazer emplacamento no RN

Foto: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do Rio Grande do Norte informou que os proprietários que compraram veículos entre 19 de fevereiro e 30 de novembro de 2020 estão obrigados a fazer o emplacamento deles a partir desta segunda-feira (1).

Antes, os veículos estavam permitidos a circular sem placas, por conta da medidas de restrição pela pandemia da Covid-19. Para poder transitar legalmente, será necessário agora o emplacamento. Segundo o órgão, os proprietários podem se dirigir a qualquer unidade do Detran, sem necessidade de agendamento prévio pelo site.https://googleads.g.doubleclick.net/pagead/ads?guci=2.2.0.0.2.2.0.0&client=ca-pub-3542920364620452&output=html&h=343&adk=814892075&adf=1085249935&pi=t.aa~a.1539939137~i.11~rp.4&w=412&lmt=1612227414&num_ads=1&rafmt=1&armr=3&sem=mc&pwprc=3435290226&psa=1&ad_type=text_image&format=412×343&url=https%3A%2F%2Fwww.jairsampaio.com%2Fapos-periodo-de-dispensa-detran-informa-que-carros-comprados-na-pandemia-precisam-fazer-emplacamento-no-rn%2F&flash=0&fwr=1&pra=3&rh=294&rw=352&rpe=1&resp_fmts=3&sfro=1&wgl=1&fa=27&adsid=ChEIgOregAYQlsORlOni37mBARIvALmrz1Er3Y8ZqI88V25mCY30sIlr2fnNjzQWqc9I3j6eNIMGz05psU6eRcCi628&uach=WyJBbmRyb2lkIiwiOSIsIiIsIm1vdG8gZyg4KSBwbGF5IiwiODguMC40MzI0LjkzIixbXV0.&dt=1612227414176&bpp=6&bdt=1135&idt=6&shv=r20210127&cbv=r20190131&ptt=9&saldr=aa&abxe=1&cookie=ID%3D78d40bb50e4e403a-22b5dc75c9b300df%3AT%3D1611932362%3ART%3D1611932362%3AS%3DALNI_MaTxQ_ZesbwEep23-MGKK-v14-Hhw&prev_fmts=0x0%2C412x343%2C412x343&nras=2&correlator=4942456692999&frm=20&pv=1&ga_vid=1193184815.1611932362&ga_sid=1612227414&ga_hid=1284057596&ga_fc=0&u_tz=-180&u_his=15&u_java=0&u_h=869&u_w=412&u_ah=869&u_aw=412&u_cd=24&u_nplug=0&u_nmime=0&adx=0&ady=1991&biw=412&bih=734&scr_x=0&scr_y=0&eid=21068769%2C21068893%2C21066819%2C21066973&oid=3&pvsid=435091093347189&pem=918&ref=https%3A%2F%2Fwww.jairsampaio.com%2F&rx=0&eae=0&fc=1408&brdim=0%2C0%2C0%2C0%2C412%2C0%2C412%2C734%2C412%2C734&vis=1&rsz=%7C%7Cs%7C&abl=NS&fu=8320&bc=31&jar=2021-01-31-11&ifi=4&uci=a!4&btvi=2&fsb=1&xpc=szItUvCV34&p=https%3A//www.jairsampaio.com&dtd=41

“Devido ao fim do prazo, o Detran vai atender todos os processos de emplacamento de veículos zero sem exigir o agendamento prévio pelo site”, explicou o coordenador de Registro de Veículos do Detran, Carlos Silvestre, que orientou a busca de imediato pelos proprietários.

“Mesmo quem está com data marcada para fazer o serviço, deve desconsiderar esse agendamento e ir se dirigir ao Detran o quanto antes, para evitar apreensão e multa por transitar sem estar licenciado”.
Para realizar o emplacamento do veículo novo, o proprietário deve comparecer ao Detran levando a nota fiscal, documentos pessoais com foto (RG e CPF), e comprovante de residência dos últimos três meses.

O órgão reforça a necessidade do uso de máscara de proteção e de manter o distanciamento social durante a permanência em qualquer uma das unidades do órgão em todo o estado.

Segundo a Coordenadoria de Registro de Veículos, o Detran já estava atendendo os processos de emplacamento de veículos e a maioria dos proprietários já efetivou o serviço. No entanto, foi dispensado o agendamento online nesse tipo de processo para agilizar os casos de quem ainda não está com o veículo licenciado.

A obrigatoriedade do emplacamento ocorre para cumprir a revogação da Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) nº 782/20, que interrompia os prazos de processos e procedimentos dos órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito. Com a revogação e mudança de prazos, os veículos só estavam autorizados a transitar até o dia 31 de janeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.