Fotos: Kleber Teixeira / Reprodução

Professores em greve montaram um acampamento e iniciaram um protesto na manhã desta segunda-feira (27) em frente ao Palácio Felipe Camarão, sede da Prefeitura de Natal, no centro da capital.

A categoria decidiu manter a greve, mesmo com uma decisão liminar da Justiça que determinou o retorno imediato dos profissionais ao trabalho. Segundo representantes do sindicato dos professores, a categoria decidiu recorrer da decisão.

“Decidimos manter a greve e iremos recorrer. Ela não decreta a greve ilegal, mas determina que os professores retornem ao trabalho. Estabeleceram multa caso desobedecesse, mas o sindicato está disposto inclusive a pagar a multa e a greve permanece até que o prefeito aceite voltar às negociações”, afirmou Thelma Farias, diretora de comunicação do Sinte.

Os professores começaram a greve no dia 10 de dezembro cobrando reajuste salarial de 12,84% em relação ao piso salarial de 2020, redução do número de alunos por sala de aula e reformas nas unidades de ensino. Eles alegam que estão sem aumento de salários há dois anos.

A Prefeitura de Natal informou que vai realizar uma reunião com representantes da categoria nesta terça-feira (28).

g1 RN

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui