Jovem que desapareceu no trabalho após ser abordada por homem é encontrada morta.

 Foi encontrada morta, na tarde desta segunda-feira (2), a jovem Itamara Eny de Freitas, de 19 anos, que desapareceu no trabalho após ser abordada por um homem em Morrinhos, no interior do Ceará. Itamara estava sozinha quando o suspeito do crime apareceu. A informação sobre a morte da jovem foi confirmada por uma familiar e, posteriormente, pela Polícia Civil.

Câmeras de segurança de um estabelecimento registraram o momento que o suspeito do crime chegou a pé no local de trabalho de Itamara, entrou no escritório e, minutos depois, saiu com ela. O homem deixou o local sendo levado pela jovem na garupa da moto dela. O caso aconteceu no último sábado (31).

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que a Polícia Militar deteve, na tarde desta segunda-feira, dois suspeitos da morte de Itamara. O corpo dela foi localizado em um terreno no Distrito de Bom Princípio, em Morrinhos, durante as buscas realizadas na região por equipes da PM e do Corpo de Bombeiros.

Leia também * Jovem de 19 anos desaparece no trabalho após ser abordada por homem. – Blog do João Marcolino

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foi acionada e colheu indícios que auxiliarão nas investigações.

Segundo Matheus Nicolas Mendes Carvalho, cunhado de Itamara, havia uma quantia em dinheiro na empresa onde Itamara trabalhava, que não foi levada pelo suspeito que aparece nas imagens.

“Minutos antes de ela desaparecer, ela estava conversando normalmente com a irmã dela. Depois parou de responder e o celular deu desligado. Isso fez minha esposa estranhar e quando a gente buscou as câmeras descobrimos ela saindo do trabalho com esse homem”, disse Matheus.

Investigação 

A Polícia Civil informou que um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado no domingo, na Delegacia Municipal de Bela Cruz. Imagens de câmeras de segurança auxiliam os trabalhos policiais.

“Mais informações sobre o caso serão repassadas em momento oportuno para não atrapalhar as investigações”, disse a Polícia Civil. g1

Related posts

Leave a Comment