Sem mandato e preso, Daniel Silveira é desfiliado do PTB

Daniel Silveira, preso desde o dia 02 de fevereiro, sofreu mais um revés. No PTB desde o ano passado, mas sem conseguir um cargo eletivo, impedido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de concorrer, o partido decidiu pela desfiliação do ex-parlamentar.

A decisão do PTB por desfiliar Silveira buscou evitar a abertura de um longo processo de expulsão dele do partido.

No início de fevereiro, Daniel Silveira foi preso por ordem do ministro do STF, Alexandre de Moraes, por, segundo decisão, agir com “completo desrespeito e deboche” diante das decisões do Supremo.

A defesa do ex-parlamentar solicitou ao ministro a revogação da prisão de Silveira. Moraes enviou o pedido para a Procuradoria-Geral da República para se manifestar sobre o pleito.

Diário do Poder

Related posts

Leave a Comment