Torcedor que morreu após ser baleado em confronto entre torcidas organizadas em Natal era barbeiro e deixa filha de 2 meses

Foto: reprodução

O torcedor que morreu após ser baleado em uma confusão envolvendo torcidas organizadas do ABC Futebol Clube e do Sport, de Recife, na noite de sexta-feira (15), foi identificado como Leonardo Lucas Silva de Carvalho, de 26 anos.

O corpo da vítima chegou na manhã deste sábado (16), por volta das 8h, à sede do Instituto Técnico-Científico de Perícia, onde passou por exames periciais. A identificação da vítima foi confirmada por familiares e também pela Polícia Civil.

VEJA MAIS: VÍDEO: Torcedor do ABC morre após ser atingido por tiro durante briga entre torcidas

Segundo familiares, Leonardo Lucas trabalhava como barbeiro em seu próprio estabelecimento, era casado e deixa uma filha de dois meses de idade. Ele morava no bairro Pajuçara, na Zona Norte da capital potiguar, e era torcedor do ABC.

De acordo com a polícia, ainda não se sabe quem atirou contra o torcedor. A Polícia Civil informou que investiga o crime por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que foi ao local do assassinato.

Segundo a Polícia Militar, o caso aconteceu após o término da partida. No deslocamento do comboio de veículos com torcedores, um dos ônibus com membros de uma torcida organizada do Sport parou e os ocupantes entraram em confronto com torcedores do ABC, nas proximidades da Praça dos Gringos, em Ponta Negra.

No local, ainda segundo a PM, houve disparos de arma de fogo, cujo autor ainda não foi identificado. No conflito, a vítima foi baleada.

“O efetivo da PM que fazia a escolta e viaturas que reforçavam a área chegaram ao local do confronto, mas o autor dos disparos não foi localizado. A vítima foi socorrida e levada ao Hospital Clóvis Sarinho, onde, lamentavelmente, não resistiu aos ferimentos graves e veio a óbito”, informou a PM.

A Polícia Civil confirmou que o fato aconteceu no cruzamento da rua Palestina com a rua Leonora Armstrong, na Praça dos Gringos. Ainda de acordo com a corporação, a vítima foi atingida com um tiro e morreu no pronto-socorro Clóvis Sarinho, do Hospital Walfredo Gurgel.

g1-RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *