conecte-se conosco

Noticias

Defesa de fugitivos não acredita em fuga e pede acesso às imagens para comprovar o que aconteceu

Published

on

A advogada Flávia Fróes, que representa os presos que fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró , não acredita que os dois detentos tenham fugido da unidade. Em entrevista exclusiva à TV Tropical, ela levantou a hipótese de que os dois poderiam estar mortos. Para comprovar que realmente houve fuga, a defesa solicita acesso às imagens do presídio.
De acordo com Flávia Fróes, as famílias não possuem recursos financeiros e estariam sendo atendidas pela Defensoria Pública União, tendo ela reforçado o caso gratuitamente após pedido dos parentes. Desta forma, ela não considera possibilidade de corrupção.

“As famílias não têm condições financeiras. Tanto a família quanto eu não acreditamos em hipóteses de corrupção, de favorecimento por parte de agentes penitenciários. Acreditamos no sistema de segurança da penitenciária, que já foi demonstrado que é inexpugnável. Portanto, é fundamental que haja prova de vida dessas duas pessoas. Até o momento, o que veio à mídia, não tem prova de que eles saíram com a vida do sistema penitenciário federal. Repito, não pensamos em corrupção”, afirmou.

Fróes destacou que a dupla estava em Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) e não tinha contato entre si nem com outros detentos da unidade. “As celas de RDD são solitárias, o banho de sol é feito no solário dentro da própria cela. Então essa hipótese de que eles tiveram acesso à obra no pátio é nada convincente para a defesa, porque não tinham acesso ao pátio. combinado, eles tiveram que ter acesso um ao outro”, argumentou.

Sem considerar a fuga, a advogada apelou à possibilidade de que eles estivessem mortos, o que teria motivado o pedido para acesso às imagens. “Nós entramos com pedido na Justiça Federal de Mossoró para que faculte à família e à defesa, mesmo que em audiência particular sem exibição pública das câmeras de segurança, para que a gente possa ter certeza de que eles saíram com a vida da penitenciária com a possibilidade fuga e não de desaparecimento ou morte”, declarou à TV Tropical.

“Nós entramos com pedido na Justiça Federal de Mossoró para que faculte à família e à defesa, mesmo que em audiência particular sem exibição pública das câmeras de segurança, para que a gente possa ter certeza de que eles saíram com a vida da penitenciária com a possibilidade fuga e não de desaparecimento ou morte”, reforçou a advogada.

Deibson Cabral Nascimento e Rogério da Silva Mendonça fugiram na madrugada da última quarta-feira (13) e ainda não foram localizados. De acordo com o Ministério da Justiça, mais de 300 agentes atuam nas buscas, com auxílio de aeronaves e drones.

A Força-Tarefa já encontrou vestígios da dupla. Eles já invadiram pelo menos duas casas. O caso mais recente foi na noite desta sexta-feira (16), em uma comunidade conhecida como Riacho Grande, a cerca de 3 km do presídio federal. No imóvel, eles renderam os moradores, pediram comida e, na saída, ainda roubaram um celular. Os dados de ambos já constam na difusão vermelha da Interpol .

Confira as últimas notícias e atualizações do Rio Grande do Norte no Blog Alex de Olho nas Notícias. Com sede em Carnaubais, Alex traz para você o melhor das notícias locais desde 2018. Nosso compromisso é com o jornalismo verdadeiro, ético e responsável. Além disso, nosso portal é interativo, dando voz aos leitores.”

Continue lendo
Anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias

Estudante devolve PIX de R$ 70 mil que recebeu por engano no PA: ‘meus pais me ensinaram a ser honesto’

Published

on

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Quem nunca imaginou receber um PIX por engano? Essa situação ocorreu com o estudante universitário Alexandre Santos, de 25 anos, surpreendido com a quantia de R$ 70 mil na conta, em Belém (PA).

A notificação da transação bancária surgiu enquanto o jovem estava no ônibus, a caminho da faculdade, quando ele levantou questionamentos sobre a origem do dinheiro. No entanto, o valor foi devolvido na mesma semana por Alexandre.

“Pensei em ficar com o dinheiro, mas meus pais sempre me ensinaram a ser honesto e eu devolvi. É difícil acontecer uma coisa dessas com a gente, rola sempre brincadeira ‘espero que aconteça comigo’, mas quando acontece, a gente fica incrédulo e sem saber o que fazer”, revelou o estudante que cursa agronomia na Ufra.

O valor foi depositado por uma empresa administrativa que estava realizando pagamentos de rescisão a funcionários. O paraense contou que após receber o PIX, ficou aguardando entrarem em contato e foi então que uma mulher o informou sobre o erro.

Enquanto refletia sobre a situação na viagem até a aula, Alexandre contou que ainda passou pela cabeça o quanto o dinheiro recebido lhe ajudaria com as contas que tem acumulado: “Mas a minha ética falou mais alto”, disse ao g1.

Depois de ter realizado a devolução do dinheiro, o paraense ainda ficou com medo de ter sofrido um golpe, visto a nova modalidade de atuação de criminosos que utilizam deste meio para acionarem bancos a estornar valores que já foram devolvidos pelas vítimas.

Anteriormente, o estudante já havia caído em um golpe, contou. “Depositei um valor na conta de uma pessoa e quando pedir de volta me bloquearam”.

No fim, depois de estornar o valor do PIX que recebeu por engano, Alexandre conferiu no site de transparência do governo federal para saber se não haviam lhe aplicado um golpe e confirmou que não havia nada de anormal em seu nome.

g1/PA/Rede Liberal

Continue lendo

Noticias

Polícia Militar de Recife prende dois caicoenses foragidos da Justiça

Published

on

Na tarde desta quinta-feira (11/7), dois caicoenses foram presos pela Polícia Militar em Recife/PE.

A dupla, identificada como Lucas Daniel da Silva, vulgo “Galegal”, e Tiago Nogueira da Silva, vulgo “Da9”, foi detida em flagrante delito pela prática dos crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Foram apreendidos entorpecentes como cocaína, crack e maconha, além de uma pistola calibre 9mm. Eles eram suspeitos de integrar uma facção criminosa intitulada “Comando 84”.

De acordo com informações, ambos estavam foragidos da Justiça. Eles foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil e em para o sistema carcerário, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Continue lendo

Noticias

Polícia Civil prende homem por descumprimento de medidas protetivas em Nova Cruz

Published

on

Nesta quinta-feira (11), policiais civis da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM/Nova Cruz) prenderam em flagrante um homem, de 32 anos, por descumprimento de medidas protetivas. A prisão ocorreu no município de Nova Cruz/RN.

Segundo as investigações, após a notificação das medidas protetivas, o homem, de forma insistente, passou a entrar em contato com a ex-companheira e os familiares dela pelas redes sociais, descumprindo a proibição expressa na decisão.

Policiais civis da DEAM Nova Cruz localizaram o suspeito, momento em que houve a prisão. Ele foi encaminhado ao sistema prisional e segue à disposição da Justiça.

Continue lendo

home