Diretora nega que carne vencida encontrada em escola de São Gonçalo seria servida aos alunos: “Era descarte”

Em nota enviada ao blog Jair Sampaio sobre vídeo em que vereador encontra carne vencida em escola no município de São Gonçalo do Amarante, a diretora da unidade de ensino explica que o material seria para descarte, no entanto deixamos aqui uma pergunta: Porque não foi descartado antes, já que as datas ainda são de 2023?

Nota de esclarecimento

A Secretaria de Educação de São Gonçalo do Amarante, por meio desta nota de esclarecimento, busca elucidar a situação referente à denúncia envolvendo a merenda escolar. Esclarecemos que os alimentos mencionados não estavam destinados ao consumo imediato dos alunos.

O frango cortado mostrado no vídeo era, inclusive, de um lote de validade posterior. Prova de que as embalagens vencidas não estavam sendo utilizadas.

É importante salientar que a reposição das proteínas necessárias para a composição de uma alimentação saudável já está em processo de entrega na escola em questão. Garantimos que os estudantes terão acesso a refeições de qualidade, alinhando-se ao compromisso da Secretaria em proporcionar uma alimentação balanceada e nutritiva.

A Secretaria de Educação reitera seu empenho em manter contratos de serviços sérios, sempre priorizando a excelência na merenda escolar. Estamos atentos às necessidades dos alunos e continuaremos trabalhando para assegurar um ambiente educacional saudável e propício ao aprendizado e reforçamos que aplicaremos as medidas necessárias para que isso não mais ocorra.

Secretaria Municipal de Educação de São Gonçalo do Amarante

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *