Guarda Municipal age e prende acusado de pedofilia e violência doméstica

A Guarda Municipal de Natal, acionada pelo CIOSP (Centro Integrado de Operações em Segurança Pública), atuou para deter um homem acusado de pedofilia e violência doméstica, no bairro do Planalto.

O Supervisor da Guarda Municipal de Natal, Ocimar Dantas, conta que ao receber o chamado, uma viatura foi deslocada para o local da ocorrência. “Soubemos que o caso envolvia acusação de pedofilia e a possibilidade de violência doméstica. Optamos por mandar uma equipe da Patrulha Maria da Penha, uma vez que sempre há uma guarda feminina na equipe”, revela o supervisor.

Segundo Ocimar, a equipe atuou à noite, uma vez que, em se tratando de flagrante delito, não há a necessidade de aguardar a determinação judicial para agir. “Uma mãe denunciou que sua filha teria sido molestada por um homem que, na área de convivência do condomínio, teria oferecido um chocolate à criança e tocado em suas partes íntimas. Ao chegar, a equipe identificou o acusado e soube que a esposa do mesmo estaria propensa a realizar novas denúncias. A agente Catarina teve um destaque grande ao ser a primeira que atendeu a esposa bastante abalada e revelou violência doméstica contra ela e sexual contra seu filho, enteado do acusado”, lembrou o supervisor.

O acusado teve sua integridade física garantida até a entrega do mesmo à autoridade competente (Delegacia de Plantão da Zona Norte) e as vítimas não foram expostas. “Nossos agentes asseguraram que a esposa do acusado não estivesse no mesmo ambiente que o mesmo durante todo o processo”, diz o supervisor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *