Homem é preso por fraude na Zona Sul de Natal; crime era praticado em lotérica com o auxílio de funcionária

Policiais civis da Delegacia Especializada de Falsificações e Defraudações de Natal (DEFD/Natal) deflagraram, nesta quinta-feira 17, a Operação “Polímata”. Durante as diligências, um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem, 42 anos, foi cumprido. Ele, investigado por furto mediante fraude, foi preso no bairro Ponta Negra, na Zona Sul de Natal. Em sua posse, foram encontrados e apreendidos cartões de créditos em nome de terceiros, documentos de identidade falsos, drogas e anabolizantes, assim como diversos produtos de luxo.

Segundo as investigações, o homem praticou o crime em uma lotérica no bairro Petrópolis, com o auxílio de uma funcionária do local. Os dois simularam operações financeiras que totalizaram R$ 13.500,00 (treze mil e quinhentos reais), depositados na conta da companheira dele. No entanto, nenhum valor foi pago à lotérica, que percebeu o ocorrido devido a uma auditoria interna.

Por ter uma extensa ficha criminal, respondendo anteriormente por violência doméstica, receptação, estelionato e por furto a caixa eletrônico, ele recebeu a alcunha de “polímata”. Ademais, ele foi preso pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) por porte ilegal de arma de fogo; e durante a Operação “Clone”, deflagrada pela DEFD/Natal para combater estelionatos cometidos mediante a clonagem de cartões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *