Influenciadora é presa suspeita de aplicar ‘Boa noite, Cinderela’ e torturar homem com maçarico.

A influenciadora digital Vitória Guarizo Demito, de 25 anos, e o modelo Gabriel Meneses foram presos nesta terça-feira (25) por suspeita de tortura e roubo de mais de R$ 40 mil de um homem depois de um encontro marcado por um aplicativo no apartamento dela em Moema, Zona Sul de São Paulo, em 18 de maio.

Durante o cumprimento de oito mandados de busca e apreensão e das prisões temporárias, os policiais encontraram porções de maconha, haxixe, cocaína e dezenas de psicotrópicos que a polícia suspeita terem sido usados no crime “Boa Noite, Cinderela”, quando a vítima é drogada e roubada. O caso é investigado pelo 27º DP.

O homem marcou o encontro e teve o primeiro contato com Vitória no apartamento, depois de se conhecerem por um aplicativo. Naquela noite de maio, Vitória disse que teria acabado de chegar de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e estava “triste porque o ex havia batido nela”.

A vítima foi recebida no flat. Dois homens surgiram quando Vitória e a vítima já estavam no quarto, e começaram as agressões. Um desses homens era Gabriel Meneses, que já teria tido um relacionamento com Vitória. A vítima, então, foi imobilizada e espancada.

O refém foi obrigado a fornecer senhas de aplicativos bancários. De acordo com o relato, ele foi torturado com facas quentes e um maçarico nos braços por um dos rapazes, recebeu golpes na cabeça e pelo corpo, até que passou o acesso às contas.

Bandida.

Deixe um comentário