conecte-se conosco

Esporte

Inglaterra empata com Dinamarca e atrasa confirmação de vaga nas oitavas da Euro

Published

on

A seleção da Inglaterra jogou mal nesta quinta-feira, cedeu o empate por 1 a 1 à Dinamarca e ainda desperdiçou a chance de garantir por antecipação a vaga nas oitavas de final da Eurocopa Longe de empolgar a animada torcida inglesa, em Frankfurt, a equipe inglesa ainda correu sério risco de sofrer a primeira derrota na competição.

Com uma postura reativa ao longo de quase toda a partida, a Inglaterra fez uma das piores performances desta Eurocopa. A flagrante falta de criatividade e a pouca ousadia em campo renderam vaias ao técnico Gareth Southgate, que sacramentaria a classificação ao mata-mata com uma vitória simples nesta quinta.

Apesar do tropeço, os ingleses continuam liderando o Grupo C, com quatro pontos. Dinamarca e Eslovênia vêm logo na sequência, com dois pontos cada. A Sérvia tem apenas um ponto. Faltando apenas uma rodada para o fim da fase de grupos, todas as seleções desta chave ainda têm chances de classificação às oitavas.

Uma das candidatas ao título, a Inglaterra voltou a fazer uma exibição abaixo do esperado no primeiro tempo em Frankfurt. O início da partida foi marcado pela maior iniciativa dos dinamarqueses, enquanto a equipe inglesa adotava maior cuidado em sua defesa. Aos poucos, os favoritos começaram a buscar o ataque, com timidez.

O crescimento da Inglaterra em campo coincidiu com o primeiro gol da partida. Aos 18, Walker disparou pela direita e mandou na área. A defesa desviou mal e Kane mandou para o gol: 1 a 0. A vantagem no placar fez os ingleses reforçarem ainda mais a preocupação com a defesa. Até os 30 minutos de jogo, a Inglaterra esbanjava solidez lá trás e era eficiente nos raros ataques que fazia.

Mas a regularidade não vem sendo a marca desta equipe inglesa. Os erros começaram a aparecer na defesa e uma problemática saída de bola do zagueiro Guéhi acabou se tornando sintomática deste momento da partida. O erro culminou em finalização incrível de Hjulmand, aos 34. Ele arriscou da intermediária e mandou no pé da trave direita de Pickford, que viu a bola morrer no fundo das redes. O gol de empate foi o 13º marcado com finalização fora da área nesta Eurocopa.

O segundo tempo foi mais amarrado e de menos emoções que o primeiro. A Inglaterra manteve sua postura reativa, à espera do rival, enquanto a Dinamarca trocava passes na intermediária tentando encontrar uma brecha na defesa inglesa. Eriksen era quem conseguia levar algum perigo, em finalizações de longa distância.

Insatisfeito, o técnico Gareth Southgate trocou o ataque inteiro da Inglaterra de uma vez só. Ele sacou Kane, Saka e Foden para as entradas de Eze, Bowen e Watkins. Mas a mudança não tornou a equipe inglesa mais criativa, com um ataque ainda menos operante Para piorar, levava constantes sustos na defesa. Sem assumir o protagonismo do jogo, a Inglaterra precisou apelar para a retranca para evitar a derrota nos minutos finais.

ESLOVÊNIA X SÉRVIA

Mais cedo, eslovenos e sérvios empataram por 1 a 1, com gols somente no segundo tempo. Karnicnik abriu o placar para a surpreendente Eslovênia, aos 14 minutos. A Sérvia sofreu até o último lance do jogo, quando arrancou um suado empate, com Jovic, aos 50 minutos da etapa final.

A partida foi marcada por uma fraca atuação da equipe sérvia, liderada pelo atacante Dusan Vlahovic, da Juventus. E, do outro lado, o time esloveno exibiu bom futebol e organização tática. A Sérvia havia estreado na Eurocopa com derrota para a Inglaterra por 1 a 0, enquanto os eslovenos haviam empatado por 1 a 1 com a Dinamarca.

Estadão Conteúdo

Confira as últimas notícias e atualizações do Rio Grande do Norte no Blog Alex de Olho nas Notícias. Com sede em Carnaubais, Alex traz para você o melhor das notícias locais desde 2018. Nosso compromisso é com o jornalismo verdadeiro, ético e responsável. Além disso, nosso portal é interativo, dando voz aos leitores.”

Continue lendo
Anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Neymar processa sósia por uso indevido de imagem

Published

on

O jogador brasileiro Neymar entrou com um processo judicial contra Eigon Oliveira, conhecido por ser um dos seus sósias mais populares, devido ao uso do termo “Sósia do Ney” como marca, informou a revista Veja na quinta-feira (11).

Eigon Oliveira, que possui mais de 2,3 milhões de seguidores no Instagram, ganhou notoriedade por sua semelhança com o jogador.

Neymar recorreu ao INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) para impedir que Oliveira utilizasse o nome que faz alusão direta a ele para fins comerciais.

O caso é peculiar não apenas pela relação prévia entre Neymar e Oliveira, mas também pelo impacto que o sósia teve durante a Copa do Mundo de 2022, realizada no Qatar.

A história de Eigon Oliveira, que passou de garçom a sósia oficial de Neymar, é marcada por episódios que ilustram a fascinação do público por figuras semelhantes a celebridades.

Em entrevista ao Metrópoles, ele compartilhou como a brincadeira de se parecer com Neymar se transformou em uma carreira.

“Como tinham muitos frequentadores de Santos, eles me achavam parecido com o craque e pediam fotos para tirar onda com parentes, para mandar para os filhos. Resolvi entrar na brincadeira, fiz um moicano e chamei ainda mais a atenção. Meu antigo chefe tirou fotos minhas, mandou para uma agência e eu comecei a trabalhar como sósia do ídolo”, disse Eigon.

Poder 360

Continue lendo

Esporte

12 atletas do RN são convocados para as Paralimpíadas de Paris

Published

on

Doze atletas do Rio Grande do Norte vão representar o Brasil nas Paralimpíadas de Paris neste ano. A convocação da lista final foi anunciada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) na tarde desta quinta-feira (11). As Paralimpíadas serão disputadas de 28 de agosto a 8 de setembro.

Os atletas convocados foram Clara Daniele Barros da Silva (Adevirn), Jardenia Felix Barbosa da Silva (Instituto Athlon), Maria Clara Augusto da Silva (Aparn) e Thalita Vitória Simplício da Silva (Adevirn). Todos são do atletismo. O destaque vai para Thalita Simplício, tricampeã mundial nos 400m T11.

No judô foram chamados: Arthur Cavalcante da Silva (Icemat) e Rosicleide Silva de Andrade (Adevirn). Já no goalball: Geovana Clara Costa de Moura (Adevirn) e Romário Diego Marques (Instituto Athlon). No halterofilismo, apenas Maria Rizonaide da Silva (Sadef) foi chamada. Na bocha, Iuri Tauan Saraiva da Silva (Aparn) vai representar o RN.

Na canoagem, Adriana Gomes de Azevedo (C. R. Curitiba) foi lembrada. Já na natação, a única representante potiguar é Cecília Kethlen Jerônimo de Araújo (A.AF. Botucatu).

Vale lembrar que a CPB anunciou uma primeira lista no dia 25 de junho, onde quatro potiguares foram convocados: Geovana Clara Costa de Moura (Adevirn), Romário Diego Marques (Instituto Athlon), Adriana Gomes de Azevedo (C. R. Curitiba) e Cecília Kethlen Jerônimo de Araújo (A.AF. Botucatu).

Além dos atletas, outros potiguares vão fazer parte da comissão olimpíca. É o caso de Roberto Vital, que vai ser o Chefe Médico da equipe. Além dele, Efraim Elias de Andrade, atleta-guia, vai participar de Paralimpíada de 2024. Junto com o massoterapeuta Wellington José da Cruz.

Os treinadores Luiz Carlos Araújo, da bocha, e Carlos Williams Rodrigues da Silva, do Halterofilismo, também vão para Paris.

Tribuna do Norte

Continue lendo

Esporte

Real Madrid anuncia contratação da potiguar Antônia Silva

Published

on

Foto: Divulgação / Real Madrid

A defensora potiguar Antônia Silva é a mais nova jogadora do Real Madrid, da Espanha. Nesta segunda-feira (8), o clube espanhol fez o anúncio oficial da contratação da atleta, que será uma das representantes da Seleção Brasileira na disputa dos Jogos Olímpicos de Paris.

Natural de Riacho de Santana, na região Oeste Potiguar, Antônia Silva tem 30 anos e chega ao Real Madrid após duas temporadas no Levante, também da Espanha. Ela está entre as 18 atletas convocadas pelo técnico Arthur Elias para a disputa das Olimpíadas de Paris.

“Antes de chegar à liga espanhola com o Madrid CFF, sua carreira começou no Brasil. Ela jogou por vários times em seu país natal, vencendo a Copa Libertadores em 2017. No mesmo ano, ela se tornou uma atleta da seleção principal do Brasil”, diz o texto de anúncio do Real Madrid.

Tribuna do Norte

Continue lendo

home