Jovem confessa assassinato brutal em Dr. Severiano, alegando ligação com grupo de homicídios ‘por prazer’

Nesta terça-feira, 29 de agosto, um crime de homicídio foi registrado pela Polícia Militar na comunidade Jardim, localizado na zona rural do município de Dr. Severiano, no Rio Grande do Norte. A vítima foi identificada como Francisco Nunes de Oliveira, um idoso de 72 anos, encontrado sem vida com duas perfurações de faca, uma no abdômen e outra no peito.

De acordo com informações fornecidas pela Polícia local, o suspeito do crime foi identificado como Adriano Alves da Silva, um jovem da região. Ele confessou o homicídio e detalhou o que levou a esse ato brutal. Segundo o relato de Adriano, ele teria se apossado de uma faca na casa de sua mãe e se dirigido ao roçado onde Francisco estava realizando seu trabalho.

No local, Adriano desferiu os golpes fatais contra o idoso. Seu relato ganhou ainda mais intensidade ao mencionar que ele tinha a intenção de degolar a vítima, mas foi interrompido por seu padrasto, que chegou ao local e evitou o prosseguimento do ataque. O motivo apresentado por Adriano para esse ato terrível deixou muito perplexos: ele afirmou estar envolvido em um grupo online cujos membros cometiam assassinatos “por prazer”.

O jovem foi rapidamente detido pela Polícia Militar e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de São Miguel. Lá, ele foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio. O caso está sendo tratado com a máxima seriedade pelas autoridades locais, que estão conduzindo uma investigação minuciosa para apurar a veracidade das alegações de Adriano sobre sua ligação com o grupo online que promovia assassinatos por prazer.

A cidade Dr. Severiano está chocada com a brutalidade do crime, as autoridades esperam que a investigação revele mais detalhes sobre as motivações por trás desse crime, trazendo algum conforto para a família da vítima e para a comunidade que foi profundamente afetada por esse incidente trágico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *