Jovem de 23 anos é morta a tiros pelo próprio pai; Genro foi baleado.

Uma mulher foi morta a tiros pelo próprio pai na noite de sábado (28) na cidade de Ipameri, em Goiás. O marido da vítima também estava no local e foi atingido.

O que aconteceu

Bruna Bernardes da Silva, 23, estava com o marido Max Uiller Silva, 28 anois, em casa, em Ipameri, quando alguém apareceu na porta da residência.

Ao atender ao chamado, Max foi alvejado por um disparo e, em seguida, Bruna foi atingida pelos tiros.

O autor do crime seria o pai de Bruna, de acordo com a Polícia Militar de Goiás. A motivação do ataque ainda está sob investigação.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e, assim que chegou ao local, Bruna já estava morta. Já Max segue internado, mas está estável.

Depois da perícia, o local do crime foi liberado para os familiares.

Suspeito preso

Foi preso neste domingo (29) o suspeito de matar a própria filha e balear o genro. De acordo com a Polícia Militar, Claudemar Bernardes da Silva foi à chácara onde Max Uiller Silva, e Bruna Bernardes da Silva, moravam com o objetivo de atirar contra a ex-esposa, mãe de Bruna. No entanto, a mulher estava em Goiânia.

Vítima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *