Mais uma prefeitura do interior do RN alerta sobre ataques de piranhas.

A Prefeitura Municipal de Assú divulgou nota alertando sobre ataques de piranhas nas margens do rio Açu. A Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo da cidade informou que recebeu relato dos ataques nas proximidades da comunidade de Baviera. A Prefeitura de Assú pede que, por medidas de segurança, as pessoas evitem banhos no local.

Este já é o segundo município com relatos sobre ataques de piranhas no mesmo rio. A prefeitura do município de Pendências (RN) já havia divulgado nota de alerta nas redes sociais sobre ataque de piranhas no rio Açu. De acordo com o aviso, duas pessoas foram atacadas no sábado (20). Duas pessoas que estavam tomando banho no Rio Açu, foram atacadas.

“Existem três espécies de piranhas nessa bacia, piranha-caju, piranha-branca e piranha-preta”. É o que afirma Sérgio Lima, professor de biologia do Departamento de Zoologia da UFRN, sobre o ataque das piranhas a dois homens que se banhavam no Rio Piranhas-Açu, na cidade de Pendências, interior do Rio Grande do Norte, no sábado (20).

“O que eu acho que está acontecendo aí é que as piranhas fazem os ninhos nas plantas flutuantes, então, com isso, é o que deve está causando esses acidentes. Os pais (das piranhas) devem estar cuidando dos ovos que estão ali grudados nas plantas. Eu acredito que esses acidentes devam ter ocorrido em algum lugar que a água está muito parada, que tem muita planta, então geralmente quando a água está com muita matéria orgânica, quando recebe nutrientes vindos da plantação então tem uma grande proliferação de planta e com muito mais plantas acabam tendo mais piranha. Já vi isso acontecer no Ceará. Inclusive, em alguns lugares que eu já fui no Ceará tinha uma rede de proteção isolando a área que as pessoas podiam ficar dentro”, explica Sérgio]

.Bronca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chatOlá muito o
Olá muito obrigado estamos online Fale C
Jornalismo comprometido com a verdade, de forma ética e responsável. Um portal interativo, onde o leitor também tem vez e voz.