Mês atípico: RN ultrapassou marca de 100 homicídios apenas em janeiro

O mês de janeiro teve três mortes e meia a cada dia, segundo números divulgados pelo Portal BO, de repórter Sérgio Costa. No primeiro mês de 2023 as instituições da Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Norte registraram 107 mortes violentas letais e intencionais. A capital, Natal, contabilizou 24 casos seguida de Mossoró com 13, sendo ao todo 41 municípios acometidos pela violência.

De posse dos números a reportagem do Portal BO conversou com o secretário de segurança pública, o Coronel Francisco Araújo, que destacou uma redução significativa desses números se comparado ao mesmo período do ano anterior. “O investimento do governo do Estado na segurança está sendo fundamental para a diminuição, ainda temos muito por fazer, mas as ações estão acontecendo”, disse.

Ainda de acordo com o chefe da pasta, uma das razões para essa realidade é a atuação das facções criminosas que usam da crueldade e da violência para manterem o domínio do tráfico de drogas. O combate ao crime organizado culminou em centenas de pessoas presas no ano de 2022 e toneladas de drogas foram apreendas durante um trabalho integrado com todas as forças de segurança.

No entanto, parte dos servidores ligada a segurança, critica a política do governo que mantém atrasadas diárias operacionais, muitos se mostram revoltados e questionam como será o Carnaval onde o efetivo da PM, por exemplo, se desloca para o interior com o pagamento de diárias.

A interiorização do crime vem provocando uma nova dinâmica na distribuição do efetivo para as cidades do Estado, o problema é exatamente esse, o efetivo que lamentavelmente ainda é motivo de dor de cabeça para os gestores da segurança. Mesmo com o anúncio de novos concursos públicos o número de agentes para combater o crime ainda é muito pouco, trocando em miúdos, os que entram suprem aqueles que por questões médicas ou de aposentadoria se desligam dessas instituições.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *